quarta-feira, 21 de setembro de 2016

Corredor dos Munhos participa de publicação sobre PCTs do PAMPA

A publicação, que traz depoimentos e informações sobre povos e comunidades tradicionais e sobre a biodiversidade do Pampa, foi elaborada de forma coletiva, a partir do Projeto Pampa, executado pela Fundação Luterana de Diaconia (FLD), com apoio de Pão para o Mundo (PPM). O processo de elaboração do material contou com a parceria da Articulação Pacari e do Comitê dos Povos e Comunidades Tradicionais do Pampa, criado em 2015, no I Encontro de Povos e Comunidades Tradicionais do Pampa, promovido pela FLD, em Porto Alegre (RS).
Além de mestre Preto, falaram ainda a secretária executiva da FLD, Cibele Kuss, a assessora programática da FLD, Juliana Mazurana, a representante da Articulação Pacari, Lourdes Cardozo Laureano, e outras e outros representantes de comunidades e povos: Amilton Cesar Camargo e Nilo Dias, comunidades quilombolas, Mariglei Dias de Lima, benzedeiras e benzedores; Marcos Sanchez Blanco, pecuaristas familiares; Rosecler Winter, povo cigano; João Carlos Padilha, povos indígenas; Carlos Adriano Leite, pescadoras e pescadores artesanais; e Carmo Thum, povo pomerano.
Nas mensagens, uma palavra apareceu com força: invisibilidade. “No início do projeto, nos demos conta da importância da criação de um comitê, para trabalharmos a questão de a região ser tão desconhecida”, disse Amilton Cesar Camargo. “Uma das primeiras ações organizadas pelo grupo foi o levantamento do que temos em sociobiodiversidade na região. A publicação é um dos resultados desse trabalho, feito a muitas mãos”. 
Uma equipe, composta por integrantes do Comitê dos Povos e Comunidades Tradicionais, da FLD e da Pacari, percorreu, durante alguns meses, 21 municípios da região, dialogando com centenas de pessoas de comunidades quilombolas, benzedeiras e benzedores, pecuaristas familiares, povo cigano, povos indígenas, pescadoras e pescadores artesanais, povo de terreiro e povo pomerano. 
Conforme consta na publicação, “foi a partir da autoafirmação das pessoas e dos grupos envolvidos que se evidenciaram estas oito identidades sociais, sem desconsiderar, no entanto, suas múltiplas identidades: uma única pessoa pode se identificar como mulher, quilombola, pecuarista familiar, benzedeira, parteira, além de agricultora e artesã”.
O livro está disponível aqui para download.
Veja mais em: www.fld.com.br

quarta-feira, 20 de julho de 2016

Corredor dos Munhos participa da 7ª Expo Alto Camaquã

O Quilombo Corredor dos Munhos participou da 7ª Expo Alto Camaquã que ocorreu entre os dias 08 a 10 de julho de 2016, em Bagé/RS.
A Comunidade participou de estande com produtos artesanais em lã, cucas e biscoitos. Além disso, a Comunidade levou para a Exposição, produtos dos grupos Tecelagem Lavrense e Sabor da Terra.

Veja mais no link:  http://fld.com.br/projetopampa/blog/fld-visita-7-expo-alto-camaqua-em-bage-rs/



sexta-feira, 17 de junho de 2016

Documentário foi gravado no Corredor dos Munhos


O Documentário Permacultura na Pampa foi gravado em 2015 em diversas comunidades quilombolas e assentamentos da Pampa Gaúcha.

A Comunidade Quilombola Corredor dos Munhós apresenta a bioconstrução e sua cultura.

Apoio: FLD - IPEP - Coletivo Catarse

quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

Entrega de Equipamentos Projeto Vida no Quilombo

Hoje, dia 13 de janeiro, foram entregues os equipamentos do Projeto Vida Nova no Quilombo para fortalecer a produção de frutas e hortaliças na Comunidade Quilombola Corredor dos Munhos. A atividade foi acompanhada pela Assessora de Projetos da FLD, Julia Witt e pelo Coordenador do IPEP, João Rocket, ambos do Projeto Pampa, que acompanharam o primeiro uso de um Microtrator com Enxada Rotativa.

De acordo com o Coordenador da Comunidade, Amilton Camargo, além da entrega dos equipamentos o projeto prevê a execução de oficinas com a comunidade no sentido de fortalecer a economia local, gerando renda para as famílias. " Além de gerar renda queremos resgatar alguns dos saberes populares na produção de alimento como o uso de sementes crioulas e o plantio consorciado que chamamos de hortão.", completou Camargo.

O projeto Vida Nova no Quilombo é coordenado pela Associação Comunitária Quilombo Corredor dos Munhos e tem o apoio da Fundação Luterana de Diaconia - FLD.


quarta-feira, 6 de janeiro de 2016

IV Encontro Cultural do Quilombo Corredor dos Munhós

Mais de 130 integrantes das Famílias Munhos e Camargo pertencentes ao Quilombo Corredor dos Munhos estiveram reunidos dia 03 de janeiro, no Rancho da Vó Bebê, em Lavras do Sul. 
O encontro busca aproximar as diferentes gerações e garantir a continuidade dos saberes tradicionais, fazendo com que as crianças e os jovens não percam suas raízes, fortalecendo a construção da identidade como pertencente a comunidade quilombola.






Fotos: Divulgação


domingo, 13 de dezembro de 2015

Curso de Bioconstrução no Corredor dos Munhos

Aula teórica com João Rockett
A Comunidade Quilombola Corredor dos Munhos recebeu nos dias 09, 10 e 11 de dezembro, 18 pessoas integrantes do Curso de Formação de Multiplicadores em Permacultura - Projeto Pampa, coordenado pelo Instituto de Permacultura do Pampa - IPEP e pela Fundação Luterana de Diaconia - FLD, onde foi realizado o Módulo de Bioconstrução.

A turma formada por agricultores familiares, pecuaristas familiares, assentados da reforma agrária e integrantes das Comunidade Quilombolas Rincão da Chirca de Rosário do Sul e Rincão dos Fernandes de Uruguaiana puderam trocar conhecimentos sobre construção com terra e outros materiais locais como madeira, chirca, capim, palha, areia, entre outros.

Conforme o Coordenador do IPEP, João Rockett, quanto mais ao norte do Estado encontram-se as casas de pau-a-pique pela fartura da madeira e terra, enquanto na Fronteira-Oeste é mais fácil encontrar casas de torrão pela quantidade de terra argilosa nas várzeas. "Aqui, no Quilombo Corredor dos Munhos encontramos os dois tipos de construção, até na mesma casa", observou Rockett.

Atividade foi registrada em vídeo pelo Coletivo Catarse
Durante o Curso foi construído um dormitório com cobertura de Capim Santa Fé do Tipo Escova e do Tipo Escadinha e com paredes de pau-a-pique com os materiais disponíveis na comunidade. "Para a comunidade este tipo de ação ajuda a melhorar os processos construtivos, usando novas técnicas que ajudam dar um melhor acabamento nas moradias, ao mesmo tempo em que resgatamos os conhecimentos tradicionais de construção." Afirmou, Amilton Camargo, Coordenador da Comunidade Quilombola Corredor dos Munhós.
 
Ronaldo mostra Pau-a-Pique com Galhos de Pitangueira

 



Telhado de Capim
Reboco com terra

Sovando o barro...
Casa quase pronta




Fotos: Corredor dos Munhos e IPEP

segunda-feira, 31 de agosto de 2015

Quilombola Corredor dos Munhos recebe visita da FLD

Foto: Vital Moreira
A Fundação Luterana de Diaconia - FLD esteve hoje, dia 31 de agosto, na Comunidade Quilombola Corredor dos Munhos. A equipe formada pela Coordenadora Programática da FLD, Juliana Mazurana e as Assessoras de Projeto Graziella Emmert e Julia Witt apresentou o trabalho da entidade e também foi apresentado o trabalho de organização da comunidade quilombola.

Após a abertura da reunião, a Equipe da FLD questionou sobre a execução do Projeto Vida Nova no Quilombo, apoiado pela entidade, que prevê a aquisição de equipamentos agrícolas, oficinas sobre produção agroecológica e acesso a mercado para a geração de renda na comunidade quilombola.

A Reunião foi acompanhada pelo Presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, João Rui Dias Nunes e a Extensionista Rural da Emater Nitiele Rigola, representando as entidades que apoiadoras do projeto, bem como moradores e colaboradores da comunidade.


A FLD tem como objetivo apoiar e acompanhar programas e projetos de grupos organizados da sociedade civil que fortaleçam o protagonismo das pessoas e suas comunidades, promovendo qualidade de vida, cidadania e justiça social.
Foto: Tainara Marques
Foto: Amilton Camargo